Naiara Azevedo canta trecho de música com Marília Mendonça e
diz que vai lançar em fevereiro — Foto: Reprodução/Globo





Sem saber sobre a polêmica envolvendo a música "50 porcento", Naiara Azevedo cantou um trecho da faixa para alguns dos participantes do "BBB22" nesta terça-feira (18). Antes de apresentar alguns dos versos, Naiara afirmou:


"Eu gravei com a Marília e não tive o prazer de lançar ainda. Faz dois anos que gravei. Vai lançar agora em fevereiro", afirmou Naiara sem saber que o lançamento da faixa pode ser cancelado.


Na última semana, logo após o anúncio do nome da cantora como participante do reality show, a faixa "50 porcento" em parceria póstuma com Marília Mendonça foi alvo de críticas do irmão da cantora, João Gustavo. A equipe de Naiara Azevedo disse que foi uma "homenagem carinhosa". Mas a família se diz magoada com a cantora por não ter sido procurada e afirma que não há liberação para o lançamento.

No domingo (16), a equipe de Naiara Azevedo disse que ela vai desistir de lançar a música "50 porcento", gravada em parceria com Marília Mendonça, se a família da cantora quiser.


Antes da estreia do programa, quando procurada pelo g1, a assessoria da cantora sertaneja informou que "ela está confinada e não sabe de nada lá dentro". Com isso, era grande a possibilidade de Naiara comentar sobre a música ou cantar trechos, bem como as outras faixas do DVD "Baseado em fatos reais", que foi gravado em dezembro, em Goiânia.



Vale lembrar que na edição passada, Karol Conká cantou trechos da nova música "Louca e sagaz", que tinha previsão de lançamento para o primeiro semestre. Mas o lançamento foi adiado por conta do desempenho da rapper no BBB. Isso também pode acontecer com Naiara, caso se confirme o cancelamento do single.


Desde o envio dos comunicados da equipe de Naiara e a família de Marília (leia abaixo a integra), os dois times ainda não se reuniram para definir se a faixa será ou não lançada. O que já está certo, segundo a assessoria de Naiara, é o lançamento da faixa "Nem te culpo", do mesmo álbum, nesta quarta-feira (19).


A entrada de Naiara na casa com um álbum pronto lembra o plano do sertanejo do BBB anterior, Rodolffo. Ele chegou com um DVD pronto com o companheiro Israel. A dupla se deu bem, com a música "Batom de cereja" no posto de mais tocada do ano no Brasil.


O disco de Naiara conta com 12 faixas e tem participações de Humberto & Ronaldo, Ícaro & Gilmar e Gabriel Gava.

Fonte:G1



Legenda: Robinho atuou no Atlético-MG entre 2017 e 2018
Foto: DOUGLAS MAGNO / AFP





O atacante Robinho foi condenado, nesta quarta-feira (19), pela Corte de Cassação de Roma, última instância da justiça italiana, a nove anos de prisão, por violência sexual em grupo contra uma mulher albanesa em 2013, em Milão. Ricardo Falco, amigo do jogador, também foi condenado.


Com a condenação homologada, a justiça italiana deverá pedir que eles cumpram as penas em uma penitência brasileira. A extradição para o território italiano está praticamente descartada, em virtude da constituição nacional, que veta a extradição de brasileiros.

Para que isso aconteça, a Itália deverá solicitar transferência da execução de pena à justiça brasileira, esperando que o Superior Tribunal de Justiça faça a homologação da sentença estrangeira. Entretanto, de acordo com a Secretaria de Cooperação Internacional da PGR (Procuradoria Geral da República), "não existe prazo para tramitação do processo".

ENTENDA O CASO

Segundo o Ministério Público, o grupo teria embriagado a jovem e a violentado sexualmente diversas vezes. A defesa do jogador, na época, afirmou que não existem provas de que a relação foi sem consentimento.

A acusação foi baseada no depoimento da vítima e em conversas telefônicas interceptadas do grupo de amigos, com comentários pejorativos sobre o ocorrido.




 

Legenda: Renata ficou afastada por alguns dias para se 
recuperar da doença
Foto: reprodução/TV Globo



A apresentadora e jornalista Renata Vasconcellos voltou à bancada do Jornal Nacional na noite de terça-feira (18) e revelou como passou pelo tratamento contra a Covid-19. Diagnosticada há mais de uma semana, ela foi afastada da função e alertou os espectadores: “não é como a gripe”.

“Comecei a ter um pouquinho de dor de garganta à noite e comecei a me sentir um pouco congestionada. Resolvi fazer o teste rápido para ver, e deu negativo. Os sintomas persistiram, fiz novamente o teste no dia seguinte, e deu positivo”, revelou a jornalista sobre como se sentiu ainda no dia 8 de janeiro.

Sintomas leves:

Durante a explicação, Renata foi questionada por William Bonner sobre os sintomas da doença, mas revelou que ela se apresenta de forma diferente em cada pessoa.

“No meu caso, foi uma dor de garganta leve, durou alguns dias, e essa sensação de congestionamento que é diferente de uma gripe comum. Não sei se outras pessoas que tiveram a Covid tem essa sensação, não é como uma gripe. É parecido, mas não é igual”, reforçou.

 




Com mais de 680 lotes, o Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) realiza, nesta quinta (20) e sexta-feira (21), o primeiro leilão de veículos e de sucata do ano.


Os lances iniciais são de R$ 200 para motos e de R$ 2 mil para automóveis. Sucatas têm lance inicial de R$ 70 para motos e R$ 50 para carros. Ao todo, são ofertados 689 lotes, apreendidos até agosto de 2021.
Leilão online

O evento acontece exclusivamente online, através do site do leiloeiro autorizado. E começa a partir das 10h da quinta-feira.

Os interessados em conferir pessoalmente os veículos que serão leiloados no evento, podem o fazer nesta quarta-feira (19), entre às 8h e 17h, no pátio do leiloeiro. É necessário respeitar os protocolos sanitários.
Quem pode participar do leilão?

Qualquer pessoa pode participar, seguindo os critérios dispostos no edital do certame. Os lotes de sucata só podem ser arrematados por sucateiros (pessoa jurídica) cadastrados previamente no Detran-CE.

Para participar, os interessados devem se inscrever no site do leiloeiro, que, segundo o Detran, disponibiliza um bate-papo virtual para esclarecer dúvidas sobre o cadastro. Quem preferir, também pode obter mais informações através do telefone: (85) 3066-8282.
Quando retirar o veículo arrematado?

Após o fim do leilão e cumprido o prazo estabelecido, os arrematantes terão a partir de 15 de março de 2022 — ou adequado a decreto governamental —, para comparecer ao Detran-CE e efetuar procedimentos como emissão e pagamento das taxas, vistoria e transferência, ressaltando que as taxas devem ser pagas até 72 horas antes da data final.

O arrematante receberá o veículo adquirido sem nenhum débito anterior ao leilão, sendo de sua responsabilidade efetuar apenas o mesmo procedimento de um veículo comprado em concessionária, como taxa de transferência, confecção de placas, entre outros.
Serviço

Leilão online de Veículos do Detran-CE
Data: 20 e 21 de janeiro de 2022
Visitação presencial no dia 19: R. Ademar Paula, 1000 — Esplanada do Castelão
Participação e visitação online no site



Legenda: Elis Regina na capa do disco "Em Pleno Verão" (1970)


Há exatas quatro décadas, a voz de Elis Regina (1945-1982) encontrava a eternidade. Tinha 36 anos e uma trajetória única nas artes do Brasil. Naquele janeiro, o silêncio ocupou o lugar do sublime, território esse tão comum às atuações da cantora nos palcos e discos.


Até hoje, a popularidade em torno dessa estrela da MPB ultrapassa as fronteiras da música. Por parte do público, respeito e fascínio tentam decifrar a vida profissional e pessoal da artista. Cantora, mãe, intérprete... Estão lá a coragem, o temperamento à flor da pele e o amor incondicional ao ofício.


"Cantar para mim é uma coisa séria, um sacerdócio. O resto é resto”, traz relato publicado no Diário do Nordeste em 1982. Na entrevista à jornalista Léa Penteado, originalmente veiculada no O Globo, a gaúcha definiu o significado de sua arte.
 
Nos últimos anos, biografias, documentários, cinebiografia e o carinho de diferentes gerações da música repercutem a influência dessa entidade brasileira. “Eu brinco que aprendi a cantar imitando Elis Regina”, compartilha a cantora e compositora Lorena Nunes.

O tom lúdico da declaração acompanha um fato. As interpretações emocionadas de Elis atravessaram a infância da artista. Ao invés de ouvir os discos que o mercado empurrava na criançada do seu tempo, quem lhe acompanhava era uma fita K7 recheada de sucessos da Pimentinha.
Com teste positivo para a Covid-19 dias antes do Réveillon de 2022, o receio da advogada Janaína de Deus, de 33 anos, foi reviver o desgaste físico e mental da doença. “Fiquei muito mal na primeira vez que tive, em janeiro de 2021, e tenho certeza que foi a vacina que segurou os sintomas agora”. Experiência compartilhada por outros cearenses com a doença atenuada pela imunização contra o coronavírus.

Especialistas ouvidos pelo Diário do Nordeste apontam a eficácia das vacinas contra a Covid-19 e influenza, mesmo com aumento dos casos de infecção, pelo cumprimento da promessa feita desde o início da pandemia: redução de mortes, hospitalizações e casos graves da doença.

Legenda: Os imunizantes possuem eficácia satisfatória e
evitam casos graves da doença
Foto: Thiago Gadelha


Tanto o resultado se reflete positivamente no cenário epidemiológico que, mesmo com a circulação da variante Ômicron, os hospitais não se aproximam da ocupação vista na 1º e 2ª onda da doença.

“Nessa altura do campeonato a gente já teria uma mortalidade muito maior, hospitais superlotados, se a gente não tivesse tido a vacinação. Então a grande eficácia da vacina é essa: a proteção contra as formas graves e contra a mortalidade da Covid-19”, atesta a médica infectologista Melissa Medeiros, atuante no Hospital São José.

O Ceará aplicou a segunda dose da vacina contra o coronavírus em 6.365.521 e a dose única em 174.535 outros, alcançando a imunização de cerca de 70.77% da população cearense, até a quinta-feira (6).

A especialista reforça a alta transmissibilidade da Ômicron comparada ao contágio pelo sarampo. “Uma pessoa infectada sem máscara ao redor de outras infectaria entre 16 e 18 pessoas no mesmo momento. Isso quer dizer uma família inteira numa pequena reunião mais próxima. Imagina em grandes aglomerações?”, detalha.

Nenhuma vacina, seja qual for a doença, tem eficácia de 100% contra infecção, como acrescenta o médico pediatra e infectologista Robério Leite. O especialista explica que, nesse contexto, deve ser avaliado o desfecho clínico dos pacientes.

“Para qualquer manifestação clínica de Covid-19, com a emergência das variantes, sobretudo a Ômicron, a eficácia caiu em relação ao vírus original, para o qual foram concebidas as vacinas”, ressalta.

Contudo o infectologista também ressalta o menor número de hospitalizações e mortes pela doença com a imunização. “A chance de se infectar e de desenvolver sintomas é menor em indivíduos vacinados, em comparação com não vacinados”, frisa.

As vacinas são analisadas quanto à eficácia global, ou seja, a proteção contra qualquer intensidade da doença, de leve à grave, em que todas as fabricantes alcançaram indíces satisfatórios. Confira:

PFIZER/BIONTECH - EFICÁCIA GLOBAL: 95%

Vacina usada na imunização de adolescentes e aplicada como dose de reforço também em adultos no Ceará. A empresa aponta que os estudos mostram proteção parcial depois de 12 dias da primeira dose, mas que são necessárias duas doses para a proteção máxima, de 95%.

ASTRAZENECA - EFICÁCIA GLOBAL: 82,4%

Imunizante aplicado no Estado em adultos tem eficácia geral de 76%, dos 22 aos 90 dias após a aplicação. Com a aplicação da segunda dose, a proteção sobe para 82,4% para casos gerais, conforme a fabricante Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

CORONAVAC - EFICÁCIA GLOBAL: 62,3%

A eficácia global da Coronavac pode chegar a 62,3% se o espaço entre as duas doses for de 21 dias ou mais, conforme o Instituto Butantan. Em artigo científico encaminhado para a revista científica The Lancet, a Coronavac, para casos sintomáticos, atingiu 50,7% de eficácia com 14 dias de intervalo entre as duas doses.

Janssen - Eficácia global: 66%

Inicialmente aplicada em dose única, a vacina Janssen apresentou de 66% em um teste realizado em três continentes e com variantes múltiplas do vírus, como informado pela fabricante e publicado na Agência Brasil. Uma segunda dose deve ser aplicada nos brasileiros imunizados com a Janssen entre dois e cinco meses.


Contaminação de imunizados

Buscar manter a vacinação em dia acontece desde antes da pandemia da Covid-19 na rotina de Janaína de Deus, imunizada com duas doses da Pfizer. Por também ser alérgica e pelo quadro de sinusite, fez o teste para a doença pandêmica apenas para tirar a dúvida.

Um exame foi feito logo no início dos sintomas, com resultado negativo, mas a confirmação veio dois dias depois. “Dia 29 de dezembro estava com dores na face, nariz entupido e a garganta inflamada. Fiz o novo teste porque ia viajar para o Réveillon e por receio de ser a Covid ou a influenza, ou as duas”, frisa.

Fonte: DN
O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, anunciou em live nesta segunda-feira, 10, o calendário de pagamentos do PIS/Pasep 2022, ano-base 2020. O pagamento terá início no dia 8 de fevereiro, sendo realizado de forma conjunta pela Caixa e pelo Banco do Brasil.

Ao todo, 23 milhões de brasileiros receberão o abono salarial, somando R$ 21.82 bilhões. A Caixa realizará o pagamento do PIS a 22 milhões de brasileiros e o Banco do Brasil pagará o Pasep a 1 milhão de brasileiros.



O pagamento será realizado no período de dois meses, entre fevereiro e março, seguindo o mês de nascimento do beneficiário no caso do PIS e o número final de cadastro no caso do Pasep. A exceção serão 107 mil beneficiários que moram em áreas afetadas pelas chuvas em Minas Gerais e na Bahia, que receberão o pagamento no dia 8 de fevereiro independente do mês de nascimento.

O pagamento do abono salarial em 2021 foi adiado após decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). O novo cronograma finaliza os pagamentos até o dia 31 de março.
Confira o calendário abaixo.


Calendário do PIS 2022

Nascidos em janeiro: 08/02
Nascidos em fevereiro: 10/02
Nascidos em março: 15/02
Nascidos em abril: 17/02
Nascidos em maio: 22/02
Nascidos em junho: 24/02
Nascidos em julho: 15/03
Nascidos em agosto: 17/03
Nascidos em setembro: 22/03
Nascidos em outubro: 24/03
Nascidos em novembro: 29/03
Nascidos em dezembro: 31/03

Calendário do Pasep 2022
Final da inscrição 0-1: 15/02
Final 2-3: 17/02
Final 4: 22/02
Final 5: 24/02
Final 6: 15/03
Final 7: 17/03
Final 8: 22/03
Final 9: 24/03.

Quem tem direito?

Quem recebeu, em média, até dois salários mínimos por mês com carteira assinada (CLT) e trabalhou por, pelo menos, 30 dias, no ano anterior ao pagamento.

É preciso também estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos, com informações atualizadas pelos empregadores na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
Qual é o valor?

No máximo, trabalhador pode receber um salário mínimo, hoje em R$ 1.212. Caso o beneficiário não tenha exercido atividade por 12 meses, é paga uma quantia proporcional ao período trabalhado.
Como sacar?

O abono do PIS pode ser recebido em qualquer agência da Caixa, com apresentação de documento de identificação com foto.

Com o Cartão do Cidadão, o dinheiro pode ser sacado em caixas eletrônicos e lotéricas.

Quanto ao Pasep, os servidores públicos devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação.
Por que o PIS/Pasep foi suspenso em 2021?

A suspensão do calendário ainda neste ano se deu devido a uma decisão do Codefat em acordo com a Controladoria Geral da União (CGU).

O benefício que seria pago ainda este ano foi adiado para o ano que vem para aliviar os cofres do governo, que teve dificuldade de fechar as contas para compor o Orçamento 2021 dentro do teto de gastos.

Segundo números oficiais, o adiamento no pagamento representará uma economia de R$ 7,45 bilhões em despesas neste ano.


A diretora de fotografia Halyna Hutchins, que foi morta pelo ator e produtor Alec Baldwin durante as filmagens de “Rust”, no Novo México, nos EUA, tinha 42 anos.





Ela tinha créditos em curtas, produções na TV e em filmes desde 2012, segundo o site IMDb.

De acordo com seu site profissional, Hutchins nasceu na Ucrânia e cresceu em uma base militar soviética no Circulo Polar Ártico. Ela estudou jornalismo na Universidade Nacional de Kiev, no seu país, e cinema, em Los Angeles, nos EUA. Hutchins chegou a trabalhar como jornalista investigativa em produções documentais na Europa.

Como diretora de fotografia, listava trabalhos em filmes como "Archenemy" (2020), com Joe Manganiello, "Blindfire" (2020) e "The Mad Hatter" (2021).


Na terça-feira (19), dois dias antes do incidente, ela publicou um vídeo em seu perfil no Instagram falando sobre o trabalho em "Rust".

"Um dos benefícios de gravar um filme de velho oeste é que você pode andar a cavalo na sua folga", escreveu.


Morte



O ator Alec Baldwin disparou a arma cenográfica que matou Halyna Hutchins, nesta quinta-feira (21). Hutchins chegou a ser levada de helicóptero a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O disparo aconteceu durante uma cena, segundo a polícia, mas ainda não se sabe se era um ensaio ou uma gravação. "Detetives estão investigando como e que tipo de munição foi disparado".

A produção do filme foi paralisada, e testemunhas estão sendo interrogadas. Segundo o Deadline, Baldwin depôs e foi liberado.

O jornal local "Santa Fe New Mexican" diz que o ator foi visto "perturbado e em lágrimas" enquanto falava ao telefone do lado de fora da delegacia.




O diretor Joel Souza, de 48 anos, também foi baleado por Baldwin, mas sobreviveu.

 

Legenda: Acidente ocorreu no KM 301 da BR-222
Foto: Divulgação/PRF



Pelo menos quatro pessoas morreram e 34 ficaram feridas após o tombamento de um ônibus no KM 301 da BR-222, em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, na madrugada desta sexta-feira (22).

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que confirmou o acidente, as vítimas saíram do Maranhão com destino a Fortaleza, onde fariam o concurso público da Fundação Regional de Saúde (Funsaúde) neste fim de semana.

Duas vítimas tiveram o óbito confirmado ainda no local e outras duas chegaram a ser encaminhadas a uma unidade de saúde, mas também não resistiram aos ferimentos.


"Também há confirmação de que o condutor teria fugido do local e que o ônibus havia sido fretado pelos passageiros que estariam se dirigindo a Fortaleza para realização de prova de concurso público durante o final de semana", detalhou a PRF.

RESGATE

Os primeiros atendimentos às vítimas foram feitos por profissionais de saúde que estavam em um outro ônibus e passavam pelo trecho do acidente.


Após os procedimentos iniciais, 34 passageiros deram entrada no Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá. Três deles precisaram ser remanejados para a Santa Casa de Misericórdia, em Sobral, tendo em vista a gravidade das escoriações.

A PRF alertou em nota que o acidente provocou o bloqueio total da pista e o fluxo de veículos está sendo por equipes do órgão.
 
SOBREVIVENTES


Segundo a psicóloga Tatiele Cristine Silva Lobão, uma das passageiras, o ônibus saiu do Maranhão por volta de 15h dessa quinta-feira (21). Com ferimentos no braço e no pé, ela relatou que não lembra exatamente como o acidente ocorreu.

"Eu não lembro de muita coisa. Era de madrugada e estava todo mundo dormindo. A gente só viu quando o ônibus começou a balançar e caiu".

 

Legenda: Redes sociais ficaram fora do ar por mais de seis horas
Foto: Arun Sankar/AFP



O Facebook informou, na noite dessa segunda-feira (4), que a interrupção das redes sociais foi provocada por uma "mudança de configuração defeituosa" nos servidores, ou seja, uma falha interna. Isto impediu o acesso de usuários às plataformas Instagram e WhatsApp por mais de seis horas.



“Queremos esclarecer que acreditamos que a causa da queda foi uma mudança de configuração”, esclareceu a empresa em comunicado oficial assinado pelo engenheiro de infraestrutura, Santosh Janardhan.

Ainda conforme o Facebook, o erro ocorreu durante alterações de configuração nos roteadores de backbone, responsáveis pela coordenação do tráfego de rede no centro de dados.

"Essa interrupção no tráfego de rede teve um efeito cascata na maneira como nossos data centers se comunicam, interrompendo nossos serviços", explicou.

A empresa descartou que o problema tenha sido causado por um ataque hacker e disse que os dados de usuários não foram comprometidos.

"Também não temos evidências de que os dados do usuário tenham sido comprometidos como resultado desse tempo de inatividade".

O apagão nas redes sociais levou o Facebook a pedir desculpas às "pessoas e empresas" afetadas pela interrupção dos serviços.

"Pedimos desculpas a todos os afetados e estamos trabalhando para entender mais sobre o que aconteceu hoje para que possamos continuar a tornar nossa infraestrutura mais resiliente", completou a nota.
 
PANE

O site Downdetector, que monitora falhas online, atestou que "bilhões de pessoas foram impactadas pela queda completa do serviço". A plataforma contabilizou as primeiras reclamações de usuários por volta das 12h50. Dez minutos, pelo menos 17 mil queixas já tinham sido computadas.

Segundo a revista Fortune, os rendimentos pessoais de Zuckerberg caíram US$ 5,9 bilhões na comparação com o dia anterior, passando a pouco menos de US$ 117 bilhões.

 

Legenda: Público cantou sucessos do Aviões e de outros cantores, 
como canções de Zé Vaqueiro
Foto: Reprodução/Instagram



O cantor Xand Avião retornou a programação de shows presencias pelo país. Depois de 20 meses sem realizar festas com público ao pé do palco, o forrozeiro retornou aos eventos com uma multidão de expectadores. A retomada do comandante do Aviões aconteceu no aniversário de 27 anos de emancipação de Canaã dos Carajás (PA), nesta segunda-feira (4).

O último show que Xand Avião fez antes da pandemia foi no dia 27 de fevereiro de 2020, no Maranhão. Durante o período mais alto da pandemia, o forrozeiro chegou a realizar eventos em hotéis e em formatos de lives.



Xand Avião lotou um novo espaço de eventos da cidade, no Bairro Ouro Preto. De acordo com a Prefeitura de Canaã dos Carajás (PA), apenas pessoas com comprovante de vacinação puderam adentrar o espaço. A prefeita Josemira Gadelha e o governador Hélder Barbalho estiveram no palco assinando protocolo de intenções para obras estruturantes.

AGENDA DE SHOWS

A agenda de Xand Avião ainda conta com três eventos em outubro: dia 14, em um evento privado em Fortaleza; dia 29, o forrozeiro realizado evento em Caicó (RN); e no dia 30, o comandante do Aviões realiza festa Barra Grande (PI).

Fonte: Diário do Nordeste

 

Foto: 9º Batalhão de Engenharia de Construção

O Exército Brasileiro (EB) está com inscrições abertas em processos seletivos para diversas áreas, que vão do nível fundamental ao superior. Os salários dos profissionais, após contratados, podem chegar aos R$ 10 mil.


Veja a seguir as oportunidades abertas.

MILITARES TEMPORÁRIOS DO EXÉRCITO DA 3ª REGIÃO MILITAR

Aberto até: 30 de setembro.

O Comando da 3ª Região Militar (3ª RM) divulgou processo seletivo para Cabos Técnicos Temporários 2021/2022. A seleção busca formar cadastro de reserva para eventual incorporação de profissionais no Serviço Militar Especial Temporário.

O processo seletivo consta de etapas de cadastro no Sistema de Seleção — com validação documental e inscrição —, avaliação curricular, inspeção de saúde e exame de aptidão física, ambas de caráter eliminatório, escolha de guarnição e seleção complementar, também eliminatória.


Podem participar homens e mulheres com Ensino Fundamental, nascidos entre 2 de março de 1986 e 1º de março de 2003 — quem tiver menos de 19 anos ou mais de 36 não poderá se inscrever no processo seletivo nem incorporar como cabo especialista temporário em 1º de março de 2022.

As vagas serão reservadas aos seguintes cargos:

Ajudante de Eletricista Predial
Auxiliar de Lanternagem
Auxiliar de Manutenção de Microcomputador e Periféricos
Auxiliar de Mecânica Auto (Diesel)
Auxiliar de Mecânica Auto (Gasolina e Diesel)
Auxiliar de Mecânica Auto (Gasolina)
Auxiliar de Mecânica Auto (Geral) e Motorista Categoria "B" ou superior
Auxiliar de Mecânica de Equipamento Elétrico
Auxiliar de Mecânica de Equipamento Eletrônico
Auxiliar de Mecânica Elétrica Auto
Auxiliar de Refrigeração
Bombeiro Hidráulico
Borracheiro
Carpinteiro
Cozinheiro
Ferrador/Tratador de Equinos
Fotógrafo/Cinegrafista
Motorista Habilitado na Categoria “D”
Motorista Habilitado na Categoria “D” ou “E” com curso de transporte coletivo
Motorista Habilitado na Categoria “E”
Músico (Trompete, Clarim ou Corneta)
Operador de Máquina de Construção (Motoniveladora + Trator de Esteira + Retroescavadeira)
Operador de Microcomputador
Pedreiro
Pintor a Pistola (Automotivo)
Serralheiro

Confira edital completo.

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO (DEC) DO EXÉRCITO

Aberto até: 1º de outubro
Vagas: 10
Taxa de inscrição: R$ 45

O Departamento de Engenharia e Construção (DEC) do Exército está com processo seletivo aberto para nível superior por tempo determinado. A instituição oferta dez vagas, divididas entre os seguintes cargos:
Analista de Sistema - Programação (5);
Analista de Sistema - Web Designer (1);
Analista de Sistemas Sênior - Programação (3);
Analista de Sistemas - Banco de Dados (1).

Além disso, a corporação militar realiza formação de cadastro reserva nas áreas de Engenheiro Civil Sênior, Engenheiro Civil Pleno, Engenheiro Civil Júnior e Engenheiro Mecânico Júnior.

Com 40 horas semanais de carga horária, os salários dos selecionados podem variar entre R$ 6.242,41 a R$ 10.041 após a contratação.

Podem participar candidatos que tenham nível superior nas áreas dos cargos pretendidos, desde que comprovem experiência mínima entre dois e dez anos na área selecionada, além de registro no conselho do respectivo cargo.

Confira edital completo.
Junho de 2020. O primeiro relato de uma jovem, seguido de um 'print', era publicado nas redes sociais. Começava ali uma campanha que em poucas horas teria repercussão nacional e chegava "aos ouvidos" do Poder Público. Como imaginar que o #ExposedFortal iria se limitar a depoimentos de duas, dez, vinte vítimas, se a realidade dos crimes sexuais é uma constante, principalmente na rotina das meninas em formação educacional?

Legenda: As denúncias ganharam força por meio das redes sociais. Em poucas 
horas, centenas de vítimas se identificaram com a campanha
Foto: Reprodução



Em pouco mais de um ano, o Ministério Público do Ceará (MPCE), chegou a 15 nomes de homens denunciados devido à campanha. Poderia ser um número ainda mais significativo, se tantos depoimentos das assediadas tivessem ultrapassado a barreira do linchamento virtual.

Ao mesmo tempo, se não fosse a força-tarefa encabeçada por promotoras mulheres do órgão ministerial, parte das vítimas permaneceria cercada pelo desestímulo para denunciar. Quem sabe até mesmo, os abusadores, alguns professores ou coordenadores de instituições de ensino no Ceará, continuassem a passar despercebidos, fazendo das crianças ou adolescentes objetos para alimentar as pulsões criminosas deles.

De acordo com o Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc), para chegar aos 15 acusados pelos crimes sexuais foram 60 audiências, 16 Procedimentos Investigatórios Criminais (PICs) instaurados e 12 denúncias apresentadas à Justiça. Os nomes dos envolvidos não podem ser revelados devido ao teor dos atos e para resguardar a identidade das vítimas.

No entanto, a reportagem apurou que dentre os abusadores havia até mesmo professores que disputavam entre si, em grupos do Whatsapp, o título de quem transava primeiro com a menina mais bonita da sala de aula. Aquilo não se tratava de uma conquista, de um fetiche, e sim de um crime.
REDE DE VÍTIMAS

O primeiro caso percebido pelo Nuinc foi a partir de uma notícia de fato contra um colaborador de um colégio particular em Fortaleza. A partir dali, o procurador-geral determinou rigor máximo nas apurações. No Instagram, em um dia eram mais de 35 mil pessoas que seguiam a # demonstrando interesse pelo tema. Quanto mais meninas relatavam os episódios de abusos que sofreram, mais outras adolescentes se sentiam à vontade para dizer: "eu passei pelo mesmo"

O Ministério Público do Ceará se deu conta que estava diante de uma rede de abusadores. As promotoras Alice Aragão e Ana Bossard relatam que se depararam com a dificuldade das vítimas darem continuidade à denúncia. Expor os criminosos para o linchamento virtual não seria suficiente para levá-los ao Tribunal.

Ana Bossard conta que foi preciso fazer uma busca ativa nas redes sociais, levantar quem eram as vítimas e entrar em contato com cada uma delas para que comparecessem ao Ministério Público e começar o indiciamento. Em pouco tempo, o Núcleo percebeu que o #ExposedFortal foi o pontapé para algo muito maior. As vítimas estavam em todas as partes. Nos relatos recebidos de Beberibe e Itapipoca, até mesmo crianças eram assediadas em uma creche.

A promotora veste-se de humanidade. "Aquilo abalava não só a vítima, mas nós também, profissionais do direito. A gente se comove, se abala, porque a situação é muito séria e muito grave", ponderou Ana.

A promotora Alice Aragão acrescenta que a equipe designada para a força-tarefa de participar das audiências era formada por mulheres, e este foi um cuidado especial pensado em prol das vítimas que se constrangiam em falar das vivências.

"Nós nos afastamos de todos os casos que a gente trabalhava para dar prioridade absoluta a esse procedimento. Isso começou no meio do ano de 2020 e passamos o período de pandemia todo realizando esse trabalho. Exclusivamente mulheres. Nós recebemos denúncias de todas as naturezas. Expandiu a questão do abuso sexual nas escolas. Investigamos professores, alunos, pais, primos, parentes próximos. Fizemos audiências em que vítima e testemunhas estavam até no exterior e em outros estados. Foi um trabalho árduo", contou Alice Aragão.

Os crimes mais observados pelas promotoras foram importunação sexual, estupro e até mesmo estupro de vulnerável. O Nuinc pediu afastamento das funções de muitos profissionais. Nem todos os pedidos foram atendidos. Há suspeitos de importunação sexual, por exemplo, que infelizmente permanecem dentro das instituições particulares de ensino na Capital e Interior do Estado.
OPERAÇÕES DEFLAGRADAS

O Núcleo de Investigação Criminal e do Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência (NUAVV), com apoio de demais órgãos, deflagraram até então duas operações atreladas à #ExposedFortal. A primeira é a 'Operação Indiscretos'. Em julho de 2020, a ação resultou no cumprimento de mandados de busca e apreensão pessoais e residenciais contra quatro alvos, em Fortaleza e Pacajus.

Ana Bossard destaca que foram apreendidos aparelhos celulares e computadores. A partir das extrações de conteúdo autorizadas, os investigadores se depararam com vários dados e vídeos pornográficos que fundamentaram as denúncias. Em abril deste ano, o MPCE acusou três homens pelos crimes de difusão de pedofilia (artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente), dois crimes de registro de cena de sexo explícito/pornográfica envolvendo adolescente (artigo 240 do ECA) e um crime de posse de material pornográfico de adolescente (artigo 241-B do ECA).

A outra operação deflagrada pelas autoridades foi a 'Erasta', em setembro de 2020. Nela, foi preso Pedro Ícaro de Medeiros, acusado da prática de crimes sexuais em desfavor de duas vítimas adolescentes. O investigado foi apontado por vítimas que conviviam com ele na “Comunidade Afago” como alguém que se relacionava com jovens de ambos os sexos mediante fraude e "visando refinar-lhes a educação".

"Nos orgulhamos de conseguirmos fazer duas operações durante um período muito difícil. Nós fazíamos as investigações em casa, porque diante à pandemia nem podíamos sair para fazer as oitivas", frisou a promotora. Pedro permanece preso até então.

Fonte: Diario do Nordeste

 

Legenda: Erupção provocou a descida de material vulcânico incandescente
Foto: CONRED de El Rodeo y La Reina, Escuintla



O Vulcão de Fogo, um dos três ativos na Guatemala, começou nesta quinta-feira (23) uma forte fase eruptiva, com explosões, expulsão de cinzas e avalanches de material incandescente. Até agora, não foi necessário fazer retiradas de moradores.

"A atividade que está sendo registrada neste momento corresponde ao início de uma erupção de caráter estromboliano [mistura de explosões e fluxos de lava], ou principalmente efusivo", disse o porta-voz do Instituto de Vulcanologia (Insivumeh), Emilio Barillas.

A erupção provocou a descida de material vulcânico incandescente (fluxo piroclástico) de 6km de extensão, acrescentou o porta-voz.


VULCÃO DO FOGO

Localizado entre as províncias de Escuintla, Sacatepéquez e Chimaltenango, o Vulcão do Fogo tem 3.763 metros de altitude e é um dos três gigantes ativos do território junto com Pacaya (sul) e Santiaguito (oeste). Fica 35 km ao sudoeste da capital do País, Cidade de Guatemala.

Barillas explicou que a nova fase eruptiva é a mais forte registrada desde 3 de junho de 2018. Nesta data, uma potente erupção causou uma avalanche que arrasou a comunidade San Miguel Los Lotes e parte de uma estrada na localidade vizinha de Alotenango, deixando 215 mortos e um número similar de desaparecidos.

A Coordenadoria Nacional para a Redução de Desastres (Conred), entidade responsável pela Defesa Civil, informou a ocorrência de chuva de cinzas em Panimaché I e II, Morelia, El Porvenir, Santa Sofia e Sangre de Cristo no município de San Pedro Yepocapa, Chimaltenango, bem como na zona urbana da localidade situada nas encostas ocidentais do vulcão.

ERUPÇÃO DO VULCÃO NA GUATEMALA É MONITORADA

Autoridades locais e lideranças comunitárias "estão monitorando" a erupção. "No momento, nenhum processo de retirada foi implementado, mas as autoridades territoriais mantêm as ações [de vigilância] nas áreas próximas", afirmou o porta-voz da Conred, David de León.

O prefeito da cidade de Escuintla, Abraham Rivera, pediu aos moradores das áreas próximas ao vulcão que evitem se aproximar das áreas por onde descem os fluxos piroclásticos. Ele ainda alertou para o risco de que as chuvas complicassem a situação pela possibilidade de fluxo de lama, que poderia isolar várias aldeias.

TRAGÉDIA EM 2018

Em 11 de setembro, o Instituto Nacional de Ciências Forenses da Guatemala (Inacif) entregou às famílias os restos mortais identificados de 14 pessoas soterradas durante a erupção do vulcão do Fogo em 2018.

O Inacif ainda não identificou 137 fragmentos de ossos humanos recuperados nessa tragédia. Segundo as autoridades, o processo é difícil, porque o calor destruiu material genético vital.

 

Legenda: Arlindo Cruz mencionou vício em drogas a Arlindinho
quando filho tinha 11 anos
Foto: reprodução/Instagram



O sambista Arlindinho, 29 anos, filho do também sambista Arlindo Cruz, 63, comentou, pela primeira vez, o vício do pai em cocaína. Após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em 2017, o intérprete de "Meu Lugar" teve sequelas, sendo atualmente cuidado pela família. As informações são do jornal Extra.

"Meu pai estava no melhor momento da vida. Ele estava me lançando, passando bastão. Ele queria que as pessoas me conhecessem como artista", disse Arlindinho no quadro Cara a Tapa, do canal do jornalista Rica Perrone no YouTube.

O filho do sambista acrescentou que o pai estava sem usar drogas havia alguns meses antes do ocorrido, e que Cruz nunca havia tratado do tema porque intentava esperar pelo crescimento da filha. Arlindinho, porém, diz que sempre soube, já que o pai mencionara o vício quando ele tinha 11 anos.

"Ele já tinha se tratado algumas vezes, mas nunca tinha conseguido tanto tempo sem usar droga alguma", relatou o filho, salientando ter, desde então, "aversão" a drogas.

"Trato bem todo mundo, até quem usa. Mas eu não uso. Minha vibe é completamente outra", ressalta, relembrando o pai: "Um cara tão vencedor, inteligente, amigo, educado. Meu pai só fez mal para ele".

O sambista, porém, contou que ele não se considera uma pessoa careta — além de beber cerveja, também chegou a consumir maconha, mas antes de entender todos os impactos dessas escolhas, conforme apontou à Isto é.

“Já fumei maconha uma vez ou outra na vida. Não fumo, mas já fumei. Com os amigos, antes de entender esse universo. Mas depois passei a escolher o que eu quero e o que eu não quero para a minha vida. É isso. É um meio termo".
Pai querido

O cantor apontou que o pai sempre foi uma pessoa querida para os amigos, além de ajudar muita gente. "Ele fez bem para todo mundo. Nunca tratou ninguém com indiferença".

Mesmo com o vício, o sambista fez questão de deixar a família em boas condições. "Comprou imóveis, conseguiu minimamente manter a família dele digna", destacou Arlindinho.

O sambista, recentemente, homenageou o pai pelo aniversário de 63 anos em postagem no Instagram. "Ainda há tempo pra viver feliz, meu pai. Parabéns ao maior pai de todos os tempos. 63 do Arlindão", escreveu